sexta-feira, 25 de maio de 2012

Empresa italiana vai gerar 1.000 vagas em Guarujá

Empreendimento na Cidade na área de óleo e gás compreende instalação de uma Base Logística de Dutos e Centro de Tecnologia e Construção Offshore.
Início das operações está previsto para o segundo semestre.
Um novo empreendimento de R$ 100 milhões  no setor de  óleo e gás será instalado na área do Cing ( Complexo Industrial e Naval do Guarujá).
Os projetos, do grupo italiano Saipem, vão gerar 1.000 empregos diretos, que compreendem a Base Logística de Dutos e o CTCO (Centro de Tecnologia e Construção Offshore).
Foi assinado um protocolo de intenção entre a prefeitura e a empresa  com intuito de que toda instalação cause o menor impacto possível ao meio ambiente.
“Todos os acessos serão feitos dentro do canal entre as margens de santos e Guarujá”. Afirmou a prefeita Maria Antonieta de Brito, que resaltou o momento como uma nova fase econômica do Guarujá, que agora também vai atuar na área petrolífera.
Com  início das operações previsto para o segundo semestre , a Base Logística  de Dutos com aproximadamente  100 mil metros quadrados, visa o recebimento, a estocagem e a expedição de dutos submarinos, nas atividades de exploração e produção de petróleo  e gás natural que a Petrobras irá desenvolver no pré-sal da Bacia de Santos.
Para o ano que vem serão realizadas atividades de engenharia, fabricação e montagem de estruturas com a efetivação do CTO, que também realizará a montagem de equipamentos para os campos submarinos do pré-sal e pré-fabricação de dutos.
Mão de Obra. Ainda segundo a prefeita, será dada preferência para a mão de obra local, que será qualificada com parcerias entre SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), Escola Técnica do Guarujá, Centro Paula Souza e universidades.
“Haverá também programas sociais com as comunidades do entorno do Cing, como Santa Cruz, Rio do Meio e Sítio do Outeiro”, afirmou a prefeita.

Fonte: Christiane Ferreira – “Jornal Metro Santos”